Arquivo de Tag: solidão

Meu desejo não é condição, por Fellipe Fernandes

É impossível não ter grandes expectativas, mas acho que você já não está mais aqui pra me ouvir dizê-lo. Cada pensamento meu badala um sino. Em mim, como nas igrejas, pombos se revoltam… Continuar lendo

Hematoma, por Fellipe Fernandes

Teias e aranhas não me incomodam, mas tua vontade em me transformar em mosca, almoços de família e excesso de sorrisos, conversas fiadas e fidelidade ao crediário no qual tu transformaste nossa vida… Continuar lendo

Desprezando o toque vil da ignorância, por Fellipe Fernandes

Então me colocaram outra vez diante de um espelho preparado para me mostrar o que ele ainda via em mim e me acusou de fútil, despreocupado, inconsequente, enquanto eu tentava me enxergar naquele… Continuar lendo

As cores da vida, por Fellipe Fernandes

Mais profunda que a queda é a própria subida. No topo, o que se sente é fantasia, um extrato irreal de nossa suficiência, longe da verdade que bebe café em copos de requeijão… Continuar lendo

Preciso que um galo cante, por Fellipe Fernandes

Março já abre as pernas e o calor vai embora na mesma velocidade com que veio quando você me deixou abanando sons com um leque que me faz o favor do silêncio, do… Continuar lendo

Consultório Sentimental #3: O que você faria se eu morresse hoje, por Fellipe Fernandes

Talvez você se lembre, quem sabe não. Gosto de pensar que sou parte estribilhos franceses em audições particulares. Gosto de pensar que somos. Você: todo-ouvidos. Seja valente – não faça uso do que… Continuar lendo

Consultório Sentimental #2, por Fellipe Fernandes

Não repenso a decisão e se errado eu estiver, distâncias, gramados e futuros não olharei: não é luxúria (isto é amor, mas…). E mesmo que conte suficientes e bastantes ao mundo, eu, sim,… Continuar lendo

Consultório Sentimental, por Fellipe Fernandes

A vida é mesmo um balaio de ilusões. Ali, pelos furos, vamos abandonando aquelas que sobram, que incomodam como unhas encravadas ou areia nos olhos de quem enxerga adiante e só vê mar,… Continuar lendo